Home  |   Eventos  |   Notícias  |   Novidades  |   Receitas  |   Tempo  |   Custo de Produção  

  Meio Ambiente  |   Utilinks  |   Planejamento  |   Prêmios  |   Contate-nos  
Batata
BATATA
  Home
  Origem
  Notcias
  Novidades
  Doenas-Bactrias
  Doenas-Fungos
  Doenas-Vrus
  Doenas-Nematides
Agrobyte - Batatas

 

Doenas causadas por bactrias

 

Murchadeira,Dormideira

Canela-Preta

Sarna

 

 

Murchadeira, Dormideira

(Pseudomonas solanacearum)

 

Sintomas: murcha, nanismo e amarelecimento da folhagem em qualquer estgio de desenvolvimento da planta. Inicialmente apenas uma haste pode mostrar-se murcha. Quando a doena se desenvolve rapidamente, todas as folhas podem murchar sem muita mudana na colorao. Folhas murchas podem tornar-se verde-claras e finalmente marrom medida que secam. Tubrculos infectados ao serem cortados geralmente apresentam uma colorao parda no anel vascular de onde exsuda a bactria com a formao de gotculas brilhantes.

 

Disseminao:os principais meios de disseminao so tubrculos infectados (plantio de semente infectada, mistura de tubrculos doentes com sadios durante o transporte e o armazenamento) e guas contaminadas (tratamento via mida (com lquidos) de tubrculos antes do plantio, irrigao de lavouras, lavagem de tubrculos ps-colheita). Tambm pode ser disseminada por meio de instrumentos usados para cortar tubrculos-sementes, implementos agrcolas e embalagens contaminadas, insetos e nematides.

A bactria pode sobreviver por muitos anos no solo e em plantas nativas (ex.:pico-preto, mamona, ju, bamburral). O cultivo com gramneas contribui para reduo da populao dessa bactria no solo de vrias maneiras: reduzindo o nmero de plantas hospedeiras e aumentando a atividade microbiana do solo antagnica bactria.

 

Controle:

- Plante somente tubrculos sadios, de preferncia semente certificada.

- Pratique rotao de culturas principalmente com gramneas (milho, sorgo, aveia, etc).

- Quando a incidncia na lavoura for relativamente pequena e as plantas apresentarem sintomas iniciais de murcha deve-se:

a) remover em sacos de plstico toda a planta, incluindo razes e tubrculo;

b) queimar e enterrar todo o material em local afastado da lavoura e de guas de irrigao;

c) regar as covas de onde as plantas foram removidas e as ferramentas usadas nessa remoo com uma soluo de formol comercial ( 1 litro de formol comercial/9 litros de gua).

- Trate por asperso com formol comercial diludo (5%) ou soluo de hipoclorito de sdio (alvejante Q-Boa: gua 1:4) todas as ferramentas, embalagens e depsitos a serem usados na instalao da lavoura.

- Use pedilvio com formol (20%) na entrada de reas reservadas produo de batata-semente.

 

Canela-Preta, Talo-Oco, Podrido-Mole do Tubrculo

(Erwinia spp.)

 

Sintomas:

As folhas tendem a enrolar para cima e a folhagem gradualmente amarelece, murcha e morre. Na base de hastes de plantas afetadas desenvolvem-se leses negras. A partir da a doena progride destruindo o interior do talo deixando-o oco. Eventualmente tubrculos areos podem formar-se nas hastes. Tubrculos podem tambm ser afetados em armazns ou mesmo no solo antes da colheita e depois do plantio. Infeces ocorrem atravs de lenticelas e ferimentos, ou atravs da extremidade do estolo. Lenticelas infectadas apresentam leses (0,3 - 0,6 cm) deprimidas e levemente encharcadas e marrom-escuras em torno dessas aberturas. Tubrculos internamente infectados apresentam uma podrido mole de cor creme a parda; as bordas da rea em apodrecimento podem tornar-se marrom e preto. Os tecidos infectados em geral exalam odor ftido.

 

Disseminao:

Aparentemente essas bactrias, na forma livre, sobrevivem no solo por um perodo relativamente curto. Plantas voluntrias e tubrculos infectados so os principais meios de sobrevivncia e disseminao desses microorganismos. A ocorrncia de podrides em armazm depende em grande parte do manejo dos tubrculos entre a colheita e o armazenamento, e das condies de armazenamento. A lavagem de tubrculos contribui grandemente para a disseminao e penetrao da bactria nos tubrculos. Todo o tratamento de tubrculo via mida (com lquidos) deve ser seguido de uma ventilao apropriada ( sombra, de preferncia) para facilitar a secagem rpida, o que evita infeces.

Essa doena pode freqentemente ocorrer associada podrido-seca, causada por Fusarium spp., em tubrculos armazenados. O uso de antibiticos, alm de ser antieconmico, no tem controlado eficientemente o desenvolvimento de canela-preta em lavouras (por pulverizaes) nem podrido-mole (tratamento ps-colheita) em depsitos.

 

Controle:

- Plante tubrculos livres de podrides em solos bem drenados.

- Evite danos mecnicos s plantas e aos tubrculos.

- Faa a colheita de preferncia em dias secos e evite a exposio dos tubrculos ao sol por longos perodos.

- Separe e destrua os tubrculos podres logo aps a colheita.

- Evite embalar ou armazenar tubrculos molhados.

- Mantenha adequada ventilao no armazm.

- Use medidas sanitrias para as ferramentas, embalagens e depsitos fazendo tratamento com soluo de formol comercial (5%) ou gua sanitria a 25%.

- Evite depsitos de refugo de tubrculos prximos a lavouras ou armazns.

- Pratique rotao de culturas (intervalos de pelo menos dois anos entre as safras de batata) com gramneas.

 

Sarna

(Streptomyces scabies)

 

Sintomas:

Leses corticosas na superfcies dos tubrculos, que podem ser pequenas e superficiais ou consistir de reentrncias profundas suberificadas. Raramente ocorrem leses nas bases e nos estoles.

 

Disseminao:

Solos secos, especialmente aqueles ricos em matria orgnica, durante a fase de tuberizao e enchimento dos tubrculos so altamente favorveis sarna. Em geral, o prejuzo causado por esta doena esta relacionado depreciao dos tubrculos com sintomas.

 

Controle:

- Evite plantar tubrculos com sintomas de sarna.

- Mantenha nveis de umidade no solo apropriados ao desenvolvimento das plantas durante e aps a fase de tuberizao.

- Evite aplicar quantidade excessivas de calcrio.

- Evite rotao de culturas com beterraba, cenoura, batata-doce, rabanete e repolho.

 

  Home  |   Eventos  |   Notícias  |   Novidades  |   Receitas  |   Tempo  |   Custo de Produção  

  Meio Ambiente  |   Utilinks  |   Planejamento  |   Prêmios  |   Contate-nos  


Web Master respons?el - Pud@san
pudasan@agrobyte.com.br